Colonografia por TAC

Cuidados a ter

A neoplasia do cólon e recto, constitui a 2ª causa de morte mais importante em adultos do sexo masculino (depois da neoplasia) e a 3ª causa de morte mais comum nas mulheres adultas (depois da neoplasia do pulmão e mamária). Este tipo de doença ocorre geralmente em mulheres e praticamente a sua totalidade começa por lesões benignas, précancerígenas - pequenos pólipos de crecimento muito lento. Utilizando técnicas de alta resolução e de muito baixa dose de radiação, a colonografia virtual, constitui um meio não invasivo, que não carece de sedação ou anestesia e a sua capacidade diagnóstica é tão elevada que levou a American Cancer Sociaty a recomenda-la como método screening no despiste de neoplasia do cólon. Trata-se de um exame não invasivo, que permite o diagnóstico e a avaliação de lesões do cólon e recto. É um exame que se realiza num equipamento TAC, e que através de uma série de imagens obtidas, possibiita ao médico a navegação virtual 3D ao longo do tubo digestivo, para a detecção de pólipos. Este exame tem uma duração média de cerca de 10 minutos e deve ser efectuado em equipamento de última geração (no mínimo 16 cortes) e com técnica de baixa dose de radiações. No nosso caso utilizamos um equipamento de 256 cortes, em que se consegue uma acentuada redução da dose de radiação aplicada.